Convocatória 17 de Novembro

ANTERO AUGUSTO NETO LOPES, Presidente da Assembleia Geral da Santa Casa da
Misericórdia de Mogadouro.

Faço saber que nos termos do art.o 22 n.o 2 – C) do Compromisso desta Santa Casa da
Misericórdia, CONVOCO os Irmãos da mesma para no próximo dia 17 do mês de Novembro
(Terça Feira) pelas 20,30 horas no Gimnodesportivo da União de Freguesias de Mogadouro,
Valverde, Vale de Porco e Vilar do Rei (sito na Av. de Espanha – Mogadouro) se proceder a uma
Assembleia Geral com a seguinte ordem de trabalhos:

1. INFORMAÇÕES;
2. APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO DO PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO
ORDINÁRIO PARA O ANO DE 2021;
3. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE PARA A SANTA CASA.

Se à hora indicada não comparecer a maioria dos Irmãos a Assembleia funcionará com qualquer
número, no mesmo local e 30 minutos depois.

Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, 29 de Outubro de 2020

O Presidente da Assembleia Geral

convocatoriascmm

Os documentos constantes desta convocatória poderão ser consultados na Secretaria do Lar de 3.a
Idade (Rua 5 de Outubro, N.o 59 – Mogadouro), dentro das horas normais de serviço.

Mensagem Provedor dia internacional da mulher.

 

 

Hoje é o dia internacional da mulher.
Quero saudar a todas em geral e a cada uma em particular pelo contributo que dão diariamente para o bem estar dos nossos utentes e para o engrandecimento da nossa instituição.
Bem Hajam
O Provedor
João Henriques

CONVOCATÓRIA – Novembro 2013

convocatória assembleia

ANTÓNIO MARIA PIRES, Presidente da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.

Faço saber que nos termos do art.º 33 n.º 2 – c) do Compromisso desta Santa Casa da Misericórdia, CONVOCO os Irmãos da mesma para no dia 09 do mês de Novembro pelas 14:00 horas no Auditório da Casa da Cultura se proceder a uma Assembleia Geral com a seguinte ordem de trabalhos:

 

1. APROVAÇÃO DA ACTA ANTERIOR;

2. INFORMAÇÕES;

3. APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO À 1.º REVISÃO AO ORÇAMENTO PARA O ANO DE 2013;

4. APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO DO ORÇAMENTO ORDINÁRIO PARA O ANO DE 2014;

5. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE PARA A SANTA CASA.

 

  • Para visualizar a 1ª Revisão ao Orçamento em formato digital, (clique aqui.)
  • Para visualizar o Orçamento 2014 em formato digital, (clique aqui.)

 

Se à hora indicada não comparecer a maioria dos Irmãos a Assembleia funcionará com qualquer número, no mesmo local e 30 minutos depois.

 

 

Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, 23 de Outubro de 2013

O Presidente da Assembleia Geral

(António Maria Pires)


Os documentos constantes desta convocatória poderão ser consultados no site da internet: www.misericordiamogadouro.com, ou na Secretaria do Lar de 3.ª Idade, dentro das horas normais de serviço. Agradecemos a regularização das quotas em débito.

 

* Para visualizar a Convocatória em formato digital, clique aqui.

 

* Os Documentos de Apoio estão compactados em formato ZIP e todos os anexos estão em formato PDF

CONVOCATÓRIA – Março 2012

ANTÓNIO MARIA PIRES, Presidente da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.

Faço saber que nos termos do art.º 33 n.º 2 – b) do Compromisso desta Santa Casa da Misericórdia, CONVOCO os Irmãos da mesma para no dia 24 do mês de Março pelas 14,00 horas no Auditório da Casa da Cultura se proceder a uma Assembleia Geral com a seguinte ordem de trabalhos:

 

  • APROVAÇÃO DA ACTA ANTERIOR;
  • INFORMAÇÕES;
  • DISCUSSÃO E VOTAÇÃO DA CONTA DE GERÊNCIA DE 2011;
  • OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE PARA A SANTA CASA.

 

 

Documentos de Apoio (Para baixar, clique aqui)

 

Se à hora indicada não comparecer a maioria dos Irmãos a Assembleia funcionará com qualquer número, no mesmo local e 30 minutos depois.

 

 

Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, 06 de Março de 2012

 

O Presidente da Assembleia Geral

(António Maria Pires)

 


Os documentos constantes desta convocatória poderão ser consultados no site da internet: www.misericordiamogadouro.com, ou na Secretaria do Lar de 3.ª Idade, dentro das horas normais de serviço. Agradecemos a regularização das quotas em débito.

 

* Para visualizar a Convocatória em formato digital, clique aqui.

 

* Os Documentos estão em formato PDF (Para baixar o software para ver os ficheiros visite: http://get.adobe.com/br/reader/)

Igreja da Misericórdia de Mogadouro

A Igreja da Misericórdia situa-se no centro histórico da Vila de Mogadouro, numa posição subjacente ao Castelo de Mogadouro, no Largo da Misericórdia, onde podemos encontrar o pelourinho de Mogadouro.

A construção da Igreja da Misericórdia remonta à 2ª metade do século XVI, após o ano de 1559, data marcada pela fundação da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. A sua fundação ficou a dever-se à acção do benemérito D. Luís Álvares de Távora. Este obteve resposta positiva do Papa Pio IV, que concedeu a bula (documento papal) de erecção e várias indulgências (privilégios).

As Misericórdias, incluindo a de Mogadouro, eram constituídas por um pequeno hospital e uma irmandade que a geria. O edifício hospitalar da Misericórdia de Mogadouro foi demolido na década de 30 do século passado. Importa neste ponto, referir o que era uma Misericórdia e qual a sua historia. De uma forma sucinta, a primeira Santa Casa da Misericórdia a ser fundada, foi em Lisboa, no ano de 1498 devido a uma especial intervenção da Rainha D. Leonor, esposa de D. Manuel I. Esta instituição, criada em Portugal e posteriormente no Brasil, foi fundada com a intenção de auxiliar os mais desfavorecidos, doentes e também os pobres “envergonhados” (nobres empobrecidos que envergonhavam-se da sua situação desfavorecida).

De forte cariz religioso as Misericórdias construíam os seus próprios edifícios religiosos. A igreja da Misericórdia de Mogadouro reflecte na sua construção, os estilos arquitectónicos e artísticos do maneirismo e barroco. É um edifício de arquitectura religiosa, de planta rectangular, composta por uma nave e capela-mor e pela sacristia e um anexo, ambos de planta rectangulares.

A sua fachada frontal é rasgada por um portal de volta perfeita encimado por um nicho com uma Pietà (imagem da Nª. Sr.ª da Piedade). As fachadas são rebocadas e pintadas de branco, de embasamento saliente, pintado de cinzento, flanqueadas por cunhais em cantaria e rematadas por cornija de cantaria ou beiral.

O interior da igreja da Misericórdia, rebocado e pintado de branco, percorrido por um lambril pintado a azul, possui um pavimento lajeado com cantaria granítica e cobertura de madeira em masseira. No interior da nave podemos encontrar, dois retábulos de talha policroma (de diversas cores), um dedicado a S. José, no lado do Evangelho (lado esquerdo do altar) e um dedicado a S. Sebastião no lado da Epístola. O coro alto foi remodelado no ano de 1799.

O arco triunfal, construído no século XVI ou inícios do século XVII, de volta perfeita, dá acesso à capela-mor. O tecto da capela-mor, em forma de abobada de meio canhão, obra do século XVII e dividido por caixotões com pinturas alusivas à vida de Cristo, e um com as armas das misericórdias, pinturas executadas, no ano de 1788, pelo mestre pintor Manuel Teixeira de Matos, de Mogadouro. O mesmo pintor executou as pinturas das paredes laterais, alusivas a Abraão (“Sacrifício de Isaac”) e a Moisés.

O retábulo do altar-mor, um exemplar magnífico, de estilo maneirista de talha dourada e pintado a preto, da segunda metade do século XVII, no ano de 1995 foi alvo de restauro.

Actualmente, muito raramente se celebra a eucaristia dominical, que tanto defenderam os mesários e mais irmãos, no ano de 1791, quando o Visitador do Arcebispo de Braga tentou suprimir as missas dominicais na Igreja da Misericórdia de Mogadouro e privilégios à confraria.

Actualmente a sua utilização é cultual e devocional e é propriedade da Misericórdia.

Emanuel Campos Gonçalves

Arqueólogo Estagiário da Câmara Municipal de Mogadouro

 

Bibliografia:

Mourinho (Júnior), António Rodrigues, Arquitectura Religiosa da Diocese de Miranda do Douro – Bragança, Sendim, 1995, pp. 247-254.

Boletim Municipal, Municipio de Mogadouro; nº9 2006/2007.

 

Internet:

www.monumentos.pt

Missão, Visão e Valores

MISSÃO

A Missão da SCMM é a prestação de cuidados individualizados e personalizados em meio institucional a indivíduos e famílias que, por motivo de doença, idade, deficiência ou outro impedimento, não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ ou as actividades da vida diária.

VISÃO

Promover a resposta social de forma sustentada, integrado numa rede de parceiros sociais. Ser um modelo de referência enquanto instituição, aproximando pessoas através da consolidação de afectos, do desenvolvimento humano e de valorização do indivíduo e da Qualidade dos serviços prestados.

VALORES

Os Valores pelos quais a SCMM pauta a sua actividade são:

– Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e famílias assegurando a satisfação das necessidades básicas do cliente: alojamento, alimentação, saúde,higiene, conforto e lazer;

-Promover a autonomia do indivíduo e a humanização dos serviços a ele prestados;

– Garantir e respeitar a independência, individualidade e privacidade do cliente;

– Prestar cuidados de ordem física e apoio psicossocial aos clientes e famílias, de modo a contribuir para o seu equilíbrio e bem-estar;

-Promover a igualdade de tratamento, independentemente de questões como género, religião,raça, entre outros.

CONVOCATÓRIA – Março 2010

JOÃO FERNANDO PINTO DE FREITAS MEIRA, Presidente da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.

Faço saber que nos termos do art.º 32 n.º 2 – b) do Compromisso desta Santa Casa da Misericórdia, CONVOCO os Irmãos da mesma para no dia 27 do mês de Março pelas 14,00 horas no Auditório da Casa da Cultura se proceder a uma Assembleia Geral com a seguinte ordem de trabalhos:

  1. APROVAÇÃO DA ACTA ANTERIOR;
  2. INFORMAÇÕES;
  3. DISCUSSÃO E VOTAÇÃO DA CONTA DE GERÊNCIA DE 2009;
  4. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE PARA A SANTA CASA.

 

Se à hora indicada não comparecer a maioria dos Irmãos a Assembleia funcionará com qualquer número, no mesmo local e 30 minutos depois.

Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, 04 de Março de 2010

 

O Presidente da Assembleia Geral

Assinatura Fernando Meira

______________________________________

(João Fernando Pinto de Freitas Meira)


Os documentos constantes desta convocatória poderão ser consultados no site da internet: www.misericordiamogadouro.com, ou na Secretaria do Lar de 3.ª Idade, dentro das horas normais de serviço. Agradecemos a regularização das quotas em débito.

 

* Para visualizar a Convocatória em formato digital, clique aqui.

* Os Documentos estão em formato PDF (Para baixar o software para ver os ficheiros visite: http://get.adobe.com/br/reader/)

Mensagem do Provedor

 

“Decorreu mais um período de três anos, no qual muito trabalho se desenvolveu por esta Equipa. Foram investidos 3.126.867,92€ (três milhões, cento e vinte e seis mil, oitocentos e sessenta e sete euros e noventa e dois cêntimos). Temos atualmente uma Instituição com todas as Respostas Sociais mais antigas já remodeladas, ao nível do equipamento e das infra-estruturas, situação que nos deixa muito orgulhosos por termos reunido excelentes condições para os Utentes e Colaboradores.

A humanização dos serviços prestados por esta Equipa de Profissionais tem-se vindo a desenvolver com o intuito de diariamente os Utentes serem beneficiários de um quotidiano com qualidade. É com formação contínua a todos os Colaboradores e Técnicos que garantimos um serviço actualizado e adequado às necessidades de cada Utente.

A obra da nova Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, São João Baptista é já uma realidade! Em fase de acabamento, concretiza-se mais um objectivo traçado por esta Direção que sobejamente se empenha em todos os projetos que idealiza. Basta visitar as instalações para perceber o quão adequado se encontra o edifício à Terceira Idade. De arquitectura moderna, com espaços amplos, arejados e com luz natural. São coloridos os espaços de passagem para que a alegria de quem ali venha a residir, possa estar sempre presente.  É com espaços comuns de diversão (salas de atividades, espaços externos, jardim e/ou horta personalizada) que os tempos de ócio serão ocupados, promovendo um envelhecimento ativo a cada residente. Para que dúvidas não existam a nova estrutura residencial irá ser apoiada em 75% das suas vagas pela Segurança Social, pelo que o custo por utente refletirá esta realidade. Será pois um “Lar” social.

As Estruturas Residenciais São João de Deus e de Bruçó, mantém o serviço de qualidade instituído, contando com o profissionalismo da Equipa Técnica e Colaboradores e com a boa disposição dos Utentes que ali residem. Em todas as Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas da SCMM existem serviços que fazem parte do dia-a-dia dos idosos: Animação, Enfermagem, Fisioterapia, Cabeleireira, Podologia,  Psicologia, etc.

O Serviço de Apoio Domiciliário abrange cada vez mais idosos, num maior número de aldeias. Oferece um leque de serviços maior (Psicologia, Fisioterapia, Animação, Enfermagem e Cabeleireira), motivo pelo qual tem aumentado a procura deste serviço. As famílias sentem que existem relações muito favoráveis entre a Instituição e os seus familiares que se encontram no domicílio. Com as remodelações de serviços, o número de Técnicos e de Colaboradores que os visitam diariamente é maior, o que contribui imenso para a quebra do isolamento que muitos Utentes vivem.

A Unidade de Cuidados Continuados Integrados continua a prestar um serviço de qualidade. A Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos do Planalto Mirandês tem executado um trabalho de mérito nos concelhos de Mogadouro, Vimioso e Miranda do Douro.

A Creche João Lopes da Silva e a Creche Familiar são um exemplo na prestação de cuidados às gerações mais novas. Bebés e crianças de tenra idade são cuidadas com muita ternura e dedicação por parte desta Equipa que mima todos os que por ali passam… e deixam muitas saudades no momento em que transitam para o Jardim de Infância. Sabem os Pais e Encarregados de Educação que os seus mais queridos estão muito bem entregues e que diariamente os seus filhos imitam os bons hábitos e regras que ali iniciam!

O Jardim de Infância teve intervenção profunda ao nível das Infraestruturas e equipamentos, resultando num edifício remodelado com excelentes condições de aprendizagem para as crianças.

É no Centro de Atividades de Tempos Livres que um grande número de crianças ocupa o seu tempo livre no período escolar. Os períodos de férias letivas têm sido muito apreciadas pelas crianças e Encarregados de Educação, pela diversidade de atividades e experiências novas com que os seus filhos contactam.

As Empresas de Inserção, Quinta da Avó e Lavadouro, continuam a prestar um serviço de qualidade. Produzimos cada vez mais produtos hortícolas para as Respostas Sociais. A Lavandaria tem alargado a sua área de intervenção, tendo já um maior número de cidadãos Mogadourenses como clientes.

A participação da SCMM em Feiras, Feira Social e Feira dos Gorazes, tem permitido à Instituição mostrar à população um pouco das atividades que desenvolve internamente, o que facilita futuramente a procura de serviços.

A Loja Sol funciona com um grupo de voluntários que se organizam. Tem sido fundamental o apoio dado ao elevado número de famílias que solicitam auxílio ao nível de vestuário, calçado, material escolar e bens alimentares. A Cantina Social está em pleno funcionamento desde Agosto de 2012, tempo que revela um aumento de famílias a precisar de auxílio ao nível da alimentação. Os momentos difíceis que se vivem no país devido ao desemprego, colocam muitos agregados em situação de fragilidade económica.

A Igreja da Misericórdia beneficiou de obras de remodelação do telhado e paredes exteriores, e encontra-se em fase de conclusão.

Foi já em 2013 que Mogadouro viu aprovado o Contrato Local de Desenvolvimento Social Mais (CLDS+), tendo sido designada a Instituição como Entidade Coordenadora Local da Parceria (ECLP). Em fase inicial de desenvolvimento do projeto, o CLDS+ tem potencial para melhorar as competências de muitas famílias da comunidade.

Reunimos hoje melhorias ao nível de infra-estruturas e recursos humanos que nos permitem executar um trabalho de excelência, investindo todos os anos na frequência de acções de formação para que os Colaboradores possam aperfeiçoar as metodologias de trabalho usadas, o que os torna mais competentes, desempenhando melhor as suas funções.

Concretizados os projetos a que a Direção se propôs, reconhecemos o empenho e dedicação que as Parcerias que estabelecemos colocam em cada um dos nossos desafios, na certeza de que sem estes apoios não seria possível atingir as metas traçadas. Um agradecimento especial à Câmara Municipal de Mogadouro, ao Centro Distrital de Segurança Social e ao Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Estamos prestes a terminar mais um mandato, motivo pelo qual partilhamos com toda a comunidade o estado da Nossa Santa Casa. É com enorme satisfação que apresentamos a diversidade de atividades que as crianças, idosos e necessitados usufruem na nossa Instituição.”

O Provedor

(João Manuel dos Santos Henriques, Dr.)

Circo

 A nossa ida ao circo foi espectacular! “Nunca tinha visto tal coisa!”.

Foi uma óptima ideia!
Os palhaços eram divertidos e os ilusionistas eram mesmo de verdade, ficaram com carinhas de crianças a olhar para todo este divertimento… e, na hora de sairmos, ainda queriam mais, tudo o que viram lhes pareceu pouco. Apesar de o circo ser direccionado para as crianças, os idosos sentiram-se rendidos a este evento.

“Ainda dizem que não há crianças!!”; “o que é aquilo?!”; “…nunca tinha visto tal boneco!!”

Actividades Intergeracionais

 (Feira do livro; Centenário Trindade Coelho; Museus; Passeios Pedestres, …)

 A titulo dos eventos referidos em cima, sugiram ideias distintas entre as diferentes idades o que leva a que idosos e crianças aprendam mutuamente, independentemente das suas idades…