Igreja da Misericórdia

igreja-misericordia-pagina-nova
Igreja da SCMM
IGREJA
DA MISERICÓRDIA
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

A Igreja da Misericórdia situa-se no centro histórico da Vila de Mogadouro, numa posição subjacente ao Castelo de Mogadouro, no Largo da Misericórdia, onde podemos encontrar o Pelourinho de Mogadouro.

A construção da Igreja da Misericórdia remonta à 2ª metade do século XVI, após o ano de 1559, data marcada pela fundação da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. A sua fundação ficou a dever-se à acção do benemérito D. Luís Álvares de Távora. Este obteve resposta positiva do Papa Pio IV, que concedeu a bula (documento papal) de erecção e várias indulgências (privilégios). 

ResponsávelDrª Carla Parra Marcos

Telef:

+351 279 342 847

Morada

Largo da Misericórdia

Mogadouro

O que fazemos?

As Misericórdias, incluindo a de Mogadouro, eram constituídas por um pequeno hospital e uma irmandade que a geria. O edifício hospitalar da Misericórdia de Mogadouro foi demolido na década de 30 do século passado. Importa neste ponto, referir o que era uma Misericórdia e qual a sua historia. De uma forma sucinta, a primeira Santa Casa da Misericórdia a ser fundada, foi em Lisboa, no ano de 1498 devido a uma especial intervenção da Rainha D. Leonor, esposa de D. Manuel I. Esta instituição, criada em Portugal e posteriormente no Brasil, foi fundada com a intenção de auxiliar os mais desfavorecidos, doentes e também os pobres “envergonhados” (nobres empobrecidos que envergonhavam-se da sua situação desfavorecida).

De forte cariz religioso as Misericórdias construíam os seus próprios edifícios religiosos. A igreja da Misericórdia de Mogadouro reflecte na sua construção, os estilos arquitectónicos e artísticos do maneirismo e barroco. É um edifício de arquitectura religiosa, de planta rectangular, composta por uma nave e capela-mor e pela sacristia e um anexo, ambos de planta rectangulares.

A sua fachada frontal é rasgada por um portal de volta perfeita encimado por um nicho com uma Pietà (imagem da Nª. Sr.ª da Piedade). As fachadas são rebocadas e pintadas de branco, de embasamento saliente, pintado de cinzento, flanqueadas por cunhais em cantaria e rematadas por cornija de cantaria ou beiral.

O interior da igreja da Misericórdia, rebocado e pintado de branco, percorrido por um lambril pintado a azul, possui um pavimento lajeado com cantaria granítica e cobertura de madeira em masseira. No interior da nave podemos encontrar, dois retábulos de talha policroma (de diversas cores), um dedicado a S. José, no lado do Evangelho (lado esquerdo do altar) e um dedicado a S. Sebastião no lado da Epístola. O coro alto foi remodelado no ano de 1799.

O arco triunfal, construído no século XVI ou inícios do século XVII, de volta perfeita, dá acesso à capela-mor. O tecto da capela-mor, em forma de abobada de meio canhão, obra do século XVII e dividido por caixotões com pinturas alusivas à vida de Cristo, e um com as armas das misericórdias, pinturas executadas, no ano de 1788, pelo mestre pintor Manuel Teixeira de Matos, de Mogadouro. O mesmo pintor executou as pinturas das paredes laterais, alusivas a Abraão (“Sacrifício de Isaac”) e a Moisés.

O retábulo do altar-mor, um exemplar magnífico, de estilo maneirista de talha dourada e pintado a preto, da segunda metade do século XVII, no ano de 1995 foi alvo de restauro.

Atualmente, muito raramente se celebra a Eucaristia dominical, que tanto defenderam os mesários e mais irmãos, no ano de 1791, quando o Visitador do Arcebispo de Braga tentou suprimir as missas dominicais na Igreja da Misericórdia de Mogadouro e privilégios à confraria.

Tipologia: Outros Apoios

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

GALERIA

NOTÍCIAS

Contactos

Telef:

+351 279 342 847

Morada

Largo da MisericórdiaMogadouro, Portugal

Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos do Planalto Mirandês

UDCPPM

Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos do Planalto Mirandês

Quem Somos?

A Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos do Planalto Mirandês (UDCP-PM) iniciou o seu funcionamento em Fevereiro de 2010, com apoio e financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian. Tem como parceiros as Câmaras Municipais de Mogadouro, Miranda do Douro e Vimioso, as Santas Casas da Misericórdia de Mogadouro, Miranda Douro e Vimioso e a Unidade Local de Saúde do Nordeste.

A UDCP-PM tem por missão prestar cuidados paliativos gratuitos no domicílio a doentes portadores de doença crónica progressiva e incurável, assim como apoio aos seus familiares/cuidadores.

Os profissionais da UDCP-PM têm procurado dar resposta às necessidades físicas, psicológicas, sociais e espirituais, dos doentes e das suas famílias, durante todo o processo de doença prolongando-se pelo processo de luto. Procuramos prevenir e/ou intervir no sofrimento das pessoas com doença incurável e progressiva através de estratégias específicas de controlo sintomático e apoio psicossocial, proporcionando melhor qualidade de vida. As equipas da UDCP-PM estão disponíveis 24 horas por dia e 7 dias por semana. Esta disponibilidade permite-nos apoiar os doentes e famílias que se encontrem em situações complexas, onde isoladamente os cuidadores não conseguem dar resposta à especificidade exigida de cuidados. Esta resposta permite que o doente permaneça no seu domicílio com conforto e qualidade de vida.

A equipa tem como objetivos:

  • Cuidar de todos aqueles que sofrem de doença avançada, progressiva e incurável, no domicílio, com o objetivo de lhes proporcionar o máximo de qualidade de vida e conforto na fase terminal da sua vida.
  • Proporcionar ao doente a possibilidade de permanecer em casa junto dos seus familiares.
  • Conhecer profundamente as necessidades e preocupações do doente e família, estando presente em todos os momentos.
  • Cuidar da pessoa de forma holística e prestar cuidados mais humanizados.
  • Diminuir o sofrimento e aumentar o sentido e qualidade de vida.
 

Tipologia: Cuidados Paliativos

Responsável: Enfº Luís Miguel Pereira Rodrigues

Inauguração: 2010

O que fazemos?

Oferecemos cuidados de saúde e sociais a uma população cada vez mais envelhecida e vulnerável, cujo aumento da esperança média de vida lhe determinou necessidades contínuas. A equipa multidisciplinar dá resposta aos utentes durante 24 horas por dia, 7 dias por semana, o que garante uma resposta mais personalizada e próxima do utente e da família. A nossa intervenção só é possível com formação específica adequada, pelo que os profissionais desta equipa têm formação especializada/avançada. É fundamental pensar na formação contínua de todos os profissionais, com vista a conseguir uma prestação de cuidados otimizados e com rigor técnico, pois a valorização e o desenvolvimento de competências são a chave para o sucesso. A equipa sente também a necessidade de preparar os cuidadores de modo a que estes possuam as ferramentas necessárias para a prestação de cuidados de promoção de qualidade de vida e conforto aos nossos utentes.

Proporcionamos as condições necessárias para que independente das condições Sócio-Económicas, o doente possa ter um final de vida com qualidade e suporte adequados no seu domicílio.

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

GALERIA

Contactos

Telef:

+351 279 341 275

Morada

Avenida de Espanha nº1,
5200-203 Mogadouro

Loja SOL

Entrada Loja SOL
SCMM
LOJA SOL
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

Ao longo dos anos o contexto socioeconómico tem sofrido múltiplas alterações, que atingem as famílias mais vulneráveis. Surgiu assim a loja sol, criada pela Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, com o apoio de um grupo de voluntários.

Este serviço pretende minimizar as necessidades imediatas das pessoas que se encontram em situações de fragilidade social, entregando nas suas instalações bens novos e/ou usados, em bom estado de conservação, doados por particulares ou empresas.

Os bens procurados são: alimentos, calçado, vestuário, mobiliário, artigos de têxtil lar, equipamentos domésticos e brinquedos.

Neste momento o número de famílias apoiadas rondam as 120.

Tipologia: Serviço de Apoio

Telef:
+351 279 342 847

Morada
Rua Santa Margarida, nº7
5200-240 Mogadouro

O que fazemos?

Horário de Atendimento e Funcionamento:

Terça-Feira e Quinta-Feira

Das 14h às 16h

A Loja Sol é um Serviço de Apoio que a Misericórdia possui, com o objetivo de poder receber os donativos entregues pela comunidade, que são depois distribuídos pelas famílias carenciadas que procuram apoio. Geralmente são os munícipes do nosso concelho que nos fazem chegar artigos ou produtos e também empresas que têm artigos em stock que pretendem doar aos mais desfavorecidos. 

Têm beneficiado destes apoios cerca de 120 famílias que assiduamente apresentam as suas dificuldades e recebem artigos que ajudam colmatar as necessidades familiares. Continuamos a contar com as pessoas do nosso concelho, que a nível particular ou empresarial doam, para ajudar quem mais precisa de apoio.

Todos nós podemos contribuir para esta causa, façam-nos chegar os artigos que já não usam e nós faremos entrega a quem mais precisa!

Os objetivos da Loja Sol são:

  • Promover a melhoria das condições de vida dos cidadãos do concelho que apresentem maior vulnerabilidade social, através da entrega gratuita de bens de primeira necessidade;
  • Contribuir para incrementar o espírito de Solidariedade Civil e Responsabilidade Social;
  • Potenciar o envolvimento das empresas, da sociedade civil e de todas as pessoas do concelho na recolha de bens;
  • Incentivar e dinamizar o voluntariado Social.

Critérios de Admissão à Loja Sol:

  • São beneficiários da Loja Sol os indivíduos que possuam vulnerabilidade económica e social.

Os artigos disponíveis encontram-se em boas condições de higiene e/ou utilização, cujo objetivo é serem reutilizados, essencialmente:

  • Artigos de têxtil lar (Ex: atoalhados, lençóis, cobertores, mantas e edredões);
  • Vestuário (Ex: Roupas de bebé, criança, homem e senhora de todas as idades);
  • Equipamentos domésticos e pequenos eletrodomésticos (Ex: loiças, talheres, ferros de engomar, torradeiras, fogões, varinha mágica e outros);
  • Brinquedos (Ex: bonecas, carros, jogos, livros, DVD’s);
  • Mobiliário (Ex: mesas, cadeiras, etc.);
  • Manuais e Material Escolar (Ex: mochilas, porta lápis, cadernos e outros).

Diretora de Serviços

Carla Marcos

O meu nome é Carla Marcos, sou diretora de serviços da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. Assumo com muito orgulho e sentido de responsabilidade esta missão. Ciente de todas as exigências, abraço as dificuldades com sorriso no rosto, para oferecer o melhor da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro aos cidadãos do nosso concelho.

Para além da coordenação de todas as Respostas Sociais e Serviços da Instituição, sou Responsável pela Cantina Social e Loja Sol.

+351 279 342 847

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Como chegar até nós

Cantina Social

cantina-social-nova
SCMM
Cantina Social
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

A Cantina Social é uma resposta social que tem vindo a mostrar a importância que tem no dia a dia das pessoas que dela usufruem. Estes agregados recebem duas refeições por dia, entregues no domicílio. Foi no segundo semestre de 2017 que surgiu uma nova fase de execução desta medida, passando a poder integrar esta resposta social apenas beneficiários que não possuam capacidade física ou mental para cozinha, razão pela qual terão que receber a refeição confecionada.

Desde Agosto de 2012 até Março de 2014 foram servidas mais de  30.710 refeições (gratuitas) a carenciados.

Tipologia: Serviço de Apoio

Responsável: Drª Carla Parra Marcos

Inauguração: 2012

Telef:
+351 279 342 847

Morada
Rua 5 de outubro, n.59
5200-218 Mogadouro

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

Diretora Técnica

Carla Marcos

O meu nome é Carla Marcos, sou Diretora de Serviços da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.
Para além de outras funções sou responsável pela Cantina Social e Loja Sol.

+351 279 342 847

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Como chegar até nós

ERPI e Centro de Dia de Bruçó

arranjo entrada erpi bruco2
Bruçó
ERPI
E CENTRO DE DIA
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Bruçó

Com capacidade para 13 idosos, proporciona aos seus utentes o conforto e a tranquilidade próprios de um ambiente familiar e é marcado pelo sentido de dignidade humana que emana dos profissionais que integram a equipa.

Situado num local aprazível e tranquilo, onde o contato com a natureza é uma constante, esta ERPI responde às necessidades de quem procura envelhecer com qualidade.

Centro de Dia de Bruçó

Esta resposta social funciona no mesmo equipamento do Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Bruçó e destina-se a pessoas com total ou parcial autonomia e que não disponham de proteção e de retaguarda sócio-familiar capaz de satisfazer as suas necessidades durante o período diurno.

As pessoas integradas nesta resposta podem usufruir de todos os serviços disponíveis na ERPI.

Esta resposta permite um envelhecimento com qualidade, previne a exclusão e o isolamento social evitando e/ou retardando o afastamento do meio natural de vida.

Telef:
+351 279 589 463

Morada
Rua do Cemitério, nº10
5200-090 Bruçó

O que fazemos?

A ERPI Bruçó é uma Resposta Social de Apoio e proteção à 3ª Idade, que visa responder às necessidades da comunidade, com base nos princípios estabelecidos no Compromisso da Misericórdia e no Acordo de Cooperação celebrado com o Instituto de Segurança Social. 

A ERPI Bruçó tem capacidade para 13 utentes e nas mesmas instalações funciona o CD de Bruçó, com capacidade para 10 pessoas. Dada a sua localização e características funcionais, esta valência apresenta-se como uma “casa de família”, com caraterísticas de integração social, apoio à autonomia individual e na promoção do envelhecimento ativo, procurando satisfazer as necessidades nas AVD´s dos nossos utentes e garantindo o seu bem-estar.

A actividade da ERPI é dirigida a pessoas idosas, cuja situação social, familiar, económica e de saúde não lhes permita permanecer no seu meio habitacional, proporcionando, para tal, serviços permanentes e adequados às problemáticas da 3ª idade, que são desenvolvidos por uma equipa multidisciplinar de técnicos, ajudantes e auxiliares.

Para além do apoio direto prestado aos utentes, também intervimos com as famílias, no sentido de promover os laços familiares e garantir que a figura de referência do utente acompanha o seu dia a dia e é informado das ocorrências e acções significativas desenvolvidas pelo utente.

Tipologia: Respostas Sociais: 3ª Idade

Horário de Atendimento ERPI:

De Segunda-Feira a Sexta-Feira das: – 10:00h às 12:00h e das –  14:00h às 17:00h.

Excepto Quinta-Feira das: 14:00h às 17:00h

Horário de Visitas:

Todos os dias: Manhã: 10:30h às 12:00h / Tarde: 13:00h às 16:00h e das 17:00h às 19:00h

Horário de Funcionamento: 24horas

Horário de Funcionamento Centro de Dia: 08:00h às 20:00h

Serviços:

  • Alojamento;
  • Alimentação;
  • Higiene e conforto pessoal;
  • Tratamento de roupa;
  • Cuidados com a saúde primários (Enfermagem 1 vez/semana ou de acordo com as necessidades dos utentes);
  • Fisioterapia;
  • Podologia;
  • Apoio Psicossocial;
  • Apoio Psicológico;
  • Animação Sociocultural;
  • Cabeleireiro e Imagem.

Informações ERPI de Bruçó:

  •  Capacidade da Resposta Social: 13 Clientes/Utentes
  •  Início da Resposta Social: 01/01/2008

Informações Centro Dia de Bruçó:

  • Capacidade da Resposta Social: 10 Clientes/Utentes (Acordo 8 Clientes/Utentes)
  • Início da Resposta Social: 01/01/2008

Neste estabelecimento existe Livro de Reclamações e Livro de Elogios.

Alimentação:

Pequeno-almoço – 9:00h
Almoço – 12:00h
Lanche – 16:00h
Jantar – 19:00h
Ceia – 22:00h

Diretora Técnica

Elisa Fernandes

O meu nome é Elisa Fernandes e sou licenciada em Serviço Social. Sou Assistente Social e Diretora Técnica das respostas sociais Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário de Bruçó.

+351 964 320 973

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Informações Pré-Candidatura

Pré-Candidatura

Se é na SCMM que deseja institucionalizar o seu familiar, saiba como deve proceder para iniciar o processo de candidatura.

Este inicia-se com uma pré-inscrição, que se destina ao estudo da situação sociofamiliar do candidato, bem como para informar e esclarecer sobre o regulamento interno, normas, princípios e valores da Misericórdia.

O candidato ou familiar, deve contactar a Diretora técnica da ERPI preferencialmente via telefone, email, e-balcão ou outros formulários disponíveis neste website e proceder à entrega dos documentos solicitados.

As inscrições são efetuadas pela própria pessoa candidata à ERPI, pelo seu representante ou por via institucional, sendo aceites durante todo o ano e sendo válidas durante 12 meses. Após esse período deve proceder-se á renovação da referida inscrição.

O processo de candidatura só estará concluído quando reunidos todos os documentos, tal como descritos no artigo nº9 do regulamento interno, que deve ser consultado no passo 1.

Documentação e passos. Pré-Candidatura

Passo 1 

Consulte os documentos abaixo indicados para para realizar uma pré-candidatura para o seu familiar na ERPI São João de Deus.

Passo 2 

Depois de reunir todos os documentos envie-os para o seguinte email:

 

elisafernand[email protected]

Passo 3 

A diretora técnica irá entrar em contacto consigo para validar os documentos enviados.
Obrigado!

NOTÍCIAS

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

VOZ DO CLIENTE

adorinda castro voz cliente erpi bruco
Gostei sempre de estar neste lar. Neste momento estou muito doente e preciso de ajuda e conforto e as colaboradoras tratam-me bem. A comida gostava mais quando era feita aqui.
ADORINDA CASTRO
ERPI Bruçó
julieta ferreira voz cliente erpi bruco
As colaboradoras são todas boas, sou muito bem atendida, mas a comida era melhor quando era feita neste lar. Gosto muito deste lar porque estou na minha terra e conheço toda a gente.
JULIETA FERREIRA
ERPI Bruçó
isabel mendes voz cliente erpi bruco
Estou satisfeita, chega o tempo para tudo.
ISABEL MENDES
ERPI Bruçó
elisa rente voz cliente erpi bruco
Este lar é uma família, somos todos muito unidos.
ELISA RENTE
ERPI Bruçó

Como chegar até nós

Apoio Domiciliário às Demências

SADD

Serviço de Apoio Domiciliário à Demência

Serviço de Apoio

O Serviço de Apoio Domiciliário à Demência (SADD) presta cuidados gratuitos, multidisciplinares, individualizados e personalizados no domicílio à pessoa com demência e ao seu cuidador, retardando uma institucionalização, permitindo à pessoa continuar a viver no seu meio habitual de vida, com qualidade.

Este serviço atua também de forma preventiva, oferecendo estratégias de intervenção precoce quando são detetados fatores de risco associados a sinais de desenvolvimento de processo demencial. Providencia formação às famílias e a população, enfatizando a divulgação e a educação no sentido da compreensão da problemática, combatendo assim o estigma. 

O Serviço de Apoio Domiciliário à Demência é uma resposta que promove a assistência às pessoas com demência ou em risco de desenvolver um processo demencial e o apoio aos seus familiares/cuidadores, permitindo à pessoa permanecer no seu meio habitual de vida por mais tempo e otimizando os cuidados que lhe são prestados pelos cuidadores.  

Responsável: Enfº Luís Miguel Pereira Rodrigues

 

Informações do Serviço

Serviço de Apoio Domiciliário à Demência (SADD):

  • Surge na continuidade do Projeto Domiciliário de Apoio à Demência (PADD) que foi, no decorrer de dois anos de existência, cofinanciado pelo Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego (PO ISE) e pela Câmara Municipal de Mogadouro. Este Projeto conquistou em julho, após candidatura, o primeiro lugar da 7ª edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto.
  • É atualmente cofinanciado pela Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro e pela Câmara Municipal de Mogadouro, sendo totalmente gratuito para os utentes e seus familiares.
  • Faz-se constituir por uma equipa de trabalho multidisciplinar que compreende as especialidades de Neurologia, Enfermagem, Psicologia Clínica e Animação Sociocultural.
  • Compreende também a existência de um gabinete para apoio e facultamento de informação presencial e via telefone acerca das demências e suas vicissitudes clínicas, familiares e sociais.
  • Baseia-se no desenvolvimento de um conjunto de atividades que passam pela intervenção e diagnóstico multidimensional, no acompanhamento de utentes e cuidadores de proximidade, na promoção da saúde e bem-estar do utente, na gestão e disponibilização de cuidados personalizados, na prestação de cuidados médicos especializados e na monitorização do seu estado psíquico e clínico.
  • Dispõe de um banco de ajudas técnicas para empréstimo gratuito aos utentes, por forma a melhorar o seu conforto e a potenciar a sua autonomia.
  • O trabalho desta equipa é sempre realizado no domicílio, sendo o objetivo principal manter os utentes no seu meio habitual de vida, retardando uma institucionalização.
  • A equipa garante um acompanhamento de 24 horas, 7 dias por semana, intervindo também em situações de crise.
  • Os cuidados no domicílio constituem cuidados de proximidade, evitam o isolamento social e são economicamente vantajosos para as famílias e para os serviços de saúde.
  • O SADD constitui assim uma ação social inovadora gerando uma nova solução que vai além da complementaridade às respostas tradicionais existentes. Atua de forma preventiva, personalizada e ao domicílio, dando resposta às dificuldades e necessidades das pessoas com demência e seus cuidadores.

Outras Informações

São destinatários do SADD:

  • Pessoas que se encontrem no seu domicílio, em situação de evidência de sinais ou sintomas de alterações cognitivas (diminuição da memória e pelo menos uma das seguintes: afasia, apraxia, agnosia e perturbação da capacidade de execução), acompanhadas ou não de alterações comportamentais, alterações do pensamento, alterações da perceção, alterações do humor, que representem um declínio face a um nível prévio de funcionamento. Estes défices cognitivos causam deficiências significativas no funcionamento social ou ocupacional do indivíduo e configuram um quadro de transtorno neurocognitivo/demência.
  • Ainda, são destinatários do SADD pessoas que se enquadrem no quadro sintomático acima descrito, mas cujos sintomas de degeneração cognitiva não sejam suficientemente disruptivos da vida social e ocupacional ou pessoas que não preencham todos os critérios que configurem um transtorno neurocognitivo/demência mas que representam um défice cognitivo ligeiro.
  • Para além dos indivíduos afetados pelo anteriormente descrito, são também destinatários do SADD os cuidadores informais dos mesmos.

Critérios de admissão:

(Portadores do 1º critério ou pelo menos 2 dos critérios seguintes)

  • Diagnóstico/suspeita de Transtorno Neurocognitivo;
  • Evidência de alterações comportamentais;
  • Necessidade de controlo de sintomas;
  • Incapacidade/sobrecarga do cuidador;
  • Problemas e/ou necessidades que exijam intervenção multidisciplinar.

Critérios de exclusão:

  • Utentes que não sendo portadores do 1º critério de inclusão, não possuam pelo menos dois dos critérios de inclusão seguintes;
  • Utentes sem cuidador (referenciados ao Centro de Saúde da área de residência);
  • Utentes em que a situação clínica não possa ser tratada no domicílio.

Constituem objetivos do PADD:

  1. Melhorar a qualidade de vida das pessoas e famílias;
  2. Contribuir para a permanência dos utentes no seu meio habitual de vida, retardando ou evitando o recurso a estruturas residenciais de institucionalização;
  3. Prestar os cuidados e serviços adequados às necessidades biopsicossociais dos utentes com transtorno neurocognitivo ou com défice cognitivo ligeiro: diagnóstico e acompanhamento de utentes.
  4. Assegurar um atendimento individual e personalizado em função das necessidades específicas de cada pessoa;
  5. Promover a dignidade da pessoa e oportunidades para a estimulação do respeito pela história, cultura, e espiritualidade pessoais e pelas suas reminiscências e vontades conscientemente expressas;
  6. Contribuir para a estimulação de um processo de envelhecimento ativo;
  7. Promover o aproveitamento de oportunidades para a saúde, participação e segurança e no acesso à continuidade de aprendizagem ao longo da vida e o contacto com novas tecnologias úteis;
  8. Prevenir e despistar qualquer inadaptação, deficiência ou situação de risco, assegurando o encaminhamento mais adequado;
  9. Promover estratégias de manutenção e reforço da funcionalidade, autonomia e independência, do autocuidado e da autoestima e oportunidades para a mobilidade e atividade regular, tendo em atenção o estado de saúde e recomendações médicas de cada pessoa;
  10. Promover um ambiente de segurança física e afetiva, prevenir os acidentes, as quedas, os problemas com medicamentos, o isolamento e qualquer forma de mau trato;
  11. Contribuir para a conciliação da vida familiar e profissional do agregado familiar;
  12. Reforçar as competências e capacidades das famílias e dos cuidadores informais;
  13. Informar e sensibilizar os cuidadores informais e a população em geral acerca das dinâmicas e características dos transtornos neurocognitivos e de como perceber sinais do seu surgimento.

Detalhes

Quem somos?

  • O Projeto de Apoio Domiciliário às Demências (SADD) é cofinanciado pela Câmara Municipal de Mogadouro.
  • É gratuito para o utente e suas famílias.
  • Somos uma equipa de trabalho interdisciplinar que compreende as especialidades de Neurologia, Psicologia Clínica, uma Animação Sociocultural e Enfermagem.

O que fazemos?

  • Avaliamos todos os casos sinalizados pela comunidade, pelas famílias, pelos serviços de saúde e por outros serviços sociais.
  • Procedemos ao diagnóstico, acompanhamento e monitorização multidisciplinar dos vários casos de demência admitidos.
  • A intervenção multidisciplinar no âmbito do SADD será personalizada e individualizada.
  • Pretendemos estimular o aumento da qualidade de vida dos utentes com demência ou numa frase precoce da doença, bem como dos seus cuidadores.
  • Atrasar o surgimento de mais sintomas, preservando e estimulando as capacidades cognitivas que o utente ainda tem intactas, pelas vias farmacológicas e não farmacológicas.
  • Atrasar a institucionalização do utente, fazendo com que o utente permaneça em casa por mais tempo e com mais qualidade de vida e bem-estar.
  • Apoiar, técnica e emocionalmente, de forma efetiva as famílias e os cuidadores informais.
  • Valorizar a informação e a educação, sensibilizando a população em geral e os cuidadores informais em particular acerca das dinâmicas da demência e de como lidar com os utentes demenciados.

Onde estamos?

  • Vamos a sua casa, em todo o concelho de Mogadouro.
  • Temos um gabinete em Mogadouro, na unidade de Cuidados Continuados Integrados, que visa o apoio e facultamento de informação presencial ou via e-mail, ou via telefone.

Prémio Fidelidade

CUIDADOS GRATUITOS, MULTIDISCIPLINARES, NO DOMICÍLIO, A PESSOAS COM DEMÊNCIA E SEUS CUIDADORES, RETARDANDO A PROGRESSÃO DA DOENÇA E ADIANDO A INSTITUCIONALIZAÇÃO.

Documentação

Para sinalização de casos à equipa basta telefonar ou dirigir-se ao gabinete e preencher a ficha de sinalização.

Para isso necessita dos seguintes documentos:

Cartão de cidadão ou Bilhete de identidade;
Número de utente (SNS);
Número de Identificação Fiscal (NIF);
Número de beneficiário.

Quem pode sinalizar um Utente?
Outras IPSS;
Entidades ligadas à saúde;
Comunidade.

GALERIA

NOTÍCIAS

Contactos

Telef:

+351 279 341 275

Morada:

Avenida de Espanha nº1
5200-203 Mogadouro

Quinta da Avó

foto-quinta-capa
Cultivo de Produtos Agrícolas
Quinta da Avó
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

A “Quinta da Avó” dedica-se à produção de produtos hortícolas e frutícolas ao longo de todo o ano. Estes produtos já estão introduzidos no mercado e, ao mesmo tempo, ajudam a satisfazer as necessidades dos utentes da infância e da terceira idade da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro (SCMM).

A Estufa da SCMM foi criada como uma empresa de inserção, com o apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), através do Centro de Emprego de Macedo de Cavaleiros.

Telef:
+351 279 342 847

Morada

Estrada Nacional 221 Estufa,
5200-208, Mogadouro

O que fazemos?

É uma Estufa Coberta, construída num espaço de dois mil metros quadrados e a sua principal finalidade é a produção de alguns produtos alimentares fora da época, com mais e melhor qualidade.

Esta Estufa ajuda, ainda a reduzir os custos médios na aquisição de produtos alimentares e proporciona a criação de 6 (seis) postos de trabalho 

A Instituição tem vindo também a implementar o cultivo de todas as áreas envolventes da Misericórdia, permitindo assim, criar espaços frutícolas, onde crescem, maças, pêras, pêssegos, ameixas, cerejas, nêsperas, figos, dióspiros e morangos. Os legumes e frutas são utilizados diariamente na confeção das refeições da SCMM. O resultado deste cultivo tem sido francamente positivo, para além de produzirmos cada vez quantidades maiores, também a variedade contribui para uma alimentação mais rica e saudável.

Tem como Intuito a sua introdução no mercado e, ao mesmo tempo, ajudar a satisfazer as necessidades dos Utentes da Infância e da Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.

Tipologia: Empresas de Inserção

Inauguração: 10/12/2008

Diretora Técnica

Carla Marcos

O meu nome é Carla Marcos, sou Diretora de Serviços da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro.
Para além de outras funções sou responsável pela Cantina Social, Quinta da Avó e Loja Sol

+351 279 342 847

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Como chegar até nós

Lavadouro

lavadouro
Serviços de Lavandaria
LAVADOURO
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

A Lavandaria da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, foi criada em 2009, como uma Empresa de inserção, mas terminado esse período, continuou a laborar até aos dias de hoje como um Serviço de Apoio da Misericórdia e a prestar Serviços à População. 
Nesta empresa foram criados 7 (Sete) postos de trabalho.

A Lavandaria continua a prestar um serviço de qualidade. Inauguração: 10/12/2008

Telef:
+351 279 342 847

Morada
Rua da Hera nº10
5200-227 Mogadouro

O que fazemos?

O tratamento de roupa dos nossos Utentes das várias respostas sociais da Misericórdia melhora cada vez mais, oferece um serviço de qualidade na Lavagem, Secagem, Engomadoria e pequenos arranjos de Costura.

São os Clientes Externos da nossa população e não só, que nos incentivam também à melhoria contínua destes Serviços.

A Lavandaria presta serviço de tratamento de roupa diferenciada, bem como, Roupa Pessoal, Roupa Doméstica, Carpetes e Tapetes.

Tendo como serviços a Lavagem, Secagem e Engomadoria. 

Horário de Atendimento e Funcionamento:

         Segunda-Feira a Sexta-Feira: 08:30h às 18:00h

         Sábado: 08:30h às 17:45h

Tipologia: 
Serviço de Lavandaria

Responsável: 
Drª Sandra Cristina Calejo Teixeira

Responsável

Sandra Teixeira

O meu nome é Sandra Teixeira e sou responsável pela Lavandaria da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. 

+351 279 342 847

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Pedido de informações 

Online

Contacte-nos para obter informações sobre um serviço ou o estado de uma encomenda.
Pode fazê-lo em segurança a partir de sua casa através do formulário abaixo, telefone, email entre outros métodos disponíveis no Balcão Digital

Contactos

+351 279 342 847

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

Documentação Institucional

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

Como chegar até nós

Centro de Atividades Tempos Livres

catl_inerior
Centro de Atividades Tempos Livres
CATL
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

O Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL), destina-se ao acolhimento de crianças nos períodos em que já não estão na escola, com a finalidade principal de ocupar os tempos livres num espaço lúdico que promova na criança a criatividade, a descoberta, o espírito critico, o convívio, a autonomia e o brincar.

A nossa Missão é trabalhar com as crianças e para as crianças. Consigo. Toda a vida.

Telef:
+351 279 348 087

Morada
Rua Luís de Camões, nº 20
5200-279 Mogadouro

O que fazemos?

O CATL é um espaço destinado a crianças dos 6 e os 12 anos de idade. Através de um conjunto de atividades planeadas e registadas no Plano Anual de Atividades, trabalham-se competências nas diferentes áreas de desenvolvimento criando situações de interação e socialização onde os valores como a solidariedade, amizade, respeito, tolerância e responsabilidade têm um grande significado.

Capacidade da Resposta Social: 50 crianças

 Período de Admissão: Matrículas de Maio a Junho
 Admissão em época de férias de Verão

Equipa Técnica:

3 Professores;

1 Auxiliar da Ação Educativa.

Tipologia: Respostas Sociais: Infância

Inauguração: 01/09/1999

Horário de Atendimento:

         Todos os Dias: 16:00h às 18:00h (Terça-Feira: 10:00h às 12:00h)

Horário de Funcionamento: 

         Período Letivo: 16:00h às 20:00h

         Período de Férias: 08:30h às 12:30h e das 14:00h às 20:00h

         Em caso de interrupção de Aulas: 08:30h às 12:30h e das 13:30h às 20:00h

 (Todas as crianças tem direito a 1 mês de férias por ano.)

 

Atividades:

  •  Atelier de informática;
  •  Atelier de Inglês;
  •  Atelier de culinária;
  •  Atelier de fotografia;
  •  Atelier de danças;
  •  Laboratórios: ciências, matemática, português;
  •  Olimpíadas: matemática, português, estudo do meio;
  •  Artes Plásticas;Pinturas;
  •  Passeios/visitas (férias);
  •  Piqueniques (férias);
  •  Acampamentos (férias);
  •  Atividades Desportivas nas Piscinas Municipais cobertas e/ou descobertas (férias);
  •  Utilização do Espaço Internet (férias);
  •  Convívios;
  •  Visitas à Biblioteca Municipal Trindade Coelho;
  •  Apoio ao estudo;
  •  Hora do conto;
  •  Hora doDVD´s;
  •  Peças de teatro;
  •  Peddypaper;
  •  Torneios: matraquilhos, playstation;
  •  Jogos didático pedagógicos;
  •  Entre outros.
 
 

Diretora Técnica e Animadora Sócio Cultural

Ana Rita Gonçalves

O meu nome é Ana Rita Gonçalves Engenheira Alimentar de formação, sou responsável pelo POAPMC, programa de apoio a pessoas mais carenciadas. Sou também Diretora Técnica e animadora sócio cultural do CATL.

+351 964 320 878

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Informações Pré-Candidatura

Pré-Candidatura

Se é no Centro de Atividades Tempos Livres da SCMM que deseja institucionalizar o seu familiar, saiba como deve proceder para iniciar o processo de candidatura.

Este inicia-se com uma pré-inscrição, que se destina ao estudo da situação sociofamiliar do candidato, bem como para informar e esclarecer sobre o regulamento interno, normas, princípios e valores da Misericórdia.

O familiar do candidato, deve contactar a diretora técnica do Centro de Atividades Tempos Livres preferencialmente via telefone, email, Balcão Digital ou outros formulários disponíveis neste website e proceder à entrega dos documentos solicitados.

O processo de candidatura só estará concluído quando reunidos todos os documentos, tal como descritos no regulamento interno, que deve ser consultado no passo 1.

 

Documentação e passos. Pré-Candidatura

Passo 1 

Consulte os documentos abaixo indicados para para realizar uma pré-candidatura para o seu familiar no CATL.

Passo 2 

Depois de reunir todos os documentos envie-os para o seguinte email:

 

Passo 3 

A diretora técnica irá entrar em contacto consigo para validar os documentos enviados.
Obrigado!

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

VOZ DO CLIENTE

Catl_Telma
O CATL é muito divertido, pois podemos brincar no recreio com os matrecos e nos baloiços. Pode-se brincar com os amigos e jogar às cartas. Adoro as professoras!
Telma Paulo
Centro de Atividades de Tempos Livres
catl_Ana Catarina
Gosto muito do CATL porque as atividades cativam-me e adoro as pessoas que trabalham e que estão lá. Aprendi a jogar matraquilhos e a conviver mais com as pessoas. Lá, o tempo passa depressa!...
Ana Catarina Parreira
Centro de Atividades de Tempos Livres
catl_Diana
No CATL fiz novos amigos, aprendi a jogar matraquilhos, a estudar e tantas outras coisas. Gosto muito de poder andar de baloiços e jogos às cartas. O CATL é muito divertido!
Diana Teixeira
Centro de Atividades de Tempos Livres
Catl_Guida
Eu gosto do CATL porque podemos estar com os nossos amigos e brincarmos todos juntos. Gostei de fazer tintas naturais, de tecer e do splash de tinta. No CATL sinto-me feliz!
Guida Fitas
Centro de Atividades de Tempos Livres
catl_Joao Dinis
Gosto muito de brincar no CATL, de andar de baloiço, jogar matrecos e jogar às cartas. Aprendi a brincar com os outros, a fazer gelado, bolo e até a estudar. No CATL sou uma criança amigável!
João Dinis Moura
Centro de Atividades de Tempos Livres
Catl_Bruno
No CATL aprendi a fazer contas. Gosto de lá estar porque tem matrecos e um campo de futebol. Posso jogar com os meus amigos e sinto-me bem!
Bruno Cordeiro
Centro de Atividades de Tempos Livres

Como chegar até nós

Creche Familiar

FOTO CAPAcreche-familiar-scmm
Creche
Familiar
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

As Amas Familiares (Creche Familiar) da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, têm como principal objetivo promover a criação e manutenção de atividades de caráter pedagógico e e sócio-educativas, que contribuam para o bom desenvolvimento das crianças.

As crianças que a Creche Familiar da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro acolhe têm entre os 3 meses e os 3 anos, e possuem ao seu lado amas devidamente formadas para essa função. Cada uma das amas tem a ser cargo 4 crianças.

Telef:
+351 279 343 026

Morada
Avenida de Espanha nº1
5200-203 Mogadouro

O que fazemos?

Todo o equipamento e os brinquedos são fornecidos pela Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, e as suas casas possuem um espaço criado propositadamente a pensar nas crianças, para que elas possam, não só, confraternizar umas com as outras, mas também brincar e desenvolver as suas capacidades intelectuais individualmente e dormir nas suas próprias caminhas.

Informações Amas Familiares (Creche Familiar):

  • Capacidade da Resposta Social: 36 Clientes/Utentes
  • Numero de Amas: 5
  • Acompanhamento pedagógico diário por uma educadora de infância.
  • Início da Resposta Social: 01/09/1999
  • Período de Admissão: Sempre que haja vagas 

Tipologia: 
Respostas Sociais: Infância

Inauguração: 01/09/1999

Horário de Atendimento:

         De Segunda-Feira a Sexta-Feira: 16:00h às 17:00h

Horário de Funcionamento:

 08:00h às 20:00h – (Todas as crianças tem direito a 1 mês de férias por ano.)

Diretora Técnica

Ana Cordeiro

O meu nome é Ana Cordeiro, sou educadora de infância na Creche João Lopes da Silva.
Sou também responsável por esta Resposta Social e pela Creche Familiar.

+351 279 343 026
+351 932 483 804

Estamos disponíveis para realizar atendimento online e esclarecer as suas dúvidas
como valores e documentos necessários para a inscrição.
Contacto online via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Informações Pré-Candidatura

Pré-Candidatura

Se é na Creche João Lopes da Silva da SCMM que deseja institucionalizar o seu familiar, saiba como deve proceder para iniciar o processo de candidatura.

Este inicia-se com uma pré-inscrição, que se destina ao estudo da situação sociofamiliar do candidato, bem como para informar e esclarecer sobre o regulamento interno, normas, princípios e valores da Misericórdia.

O familiar do candidato, deve contactar a diretora técnica da Creche João Lopes da Silva e Creche Familiar preferencialmente via telefone, email, Balcão Digital ou outros formulários disponíveis neste website e proceder à entrega dos documentos solicitados.

O processo de candidatura só estará concluído quando reunidos todos os documentos, tal como descritos no regulamento interno, que deve ser consultado no passo 1.

Documentação e passos. Pré-Candidatura

Passo 1 

Consulte os documentos abaixo indicados para para realizar uma
pré-candidatura para o seu familiar na Creche João Lopes da Silva.

Passo 2 

Depois de reunir todos os documentos envie-os para o seguinte email:

 

Passo 3 

A diretora técnica irá entrar em contacto consigo para validar os documentos enviados.
Obrigado!

NOTÍCIAS

Documentação

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

Como chegar até nós

Pré-Escolar

foto capa interior pre escolar
SCMM
PRÉ-ESCOLAR
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

O Jardim de Infância/estabelecimento de educação Pré-Escolar é uma resposta social, que presta serviços vocacionados para o desenvolvimento da criança, proporcionando-lhe atividades educativas, e atividades de apoio à família.

A educação Pré-Escolar destina-se às crianças com idades compreendidas entre os 3 anos e a idade de ingresso no ensino básico.

É nosso objetivo estabelecer estreita cooperação com a ação educativa da família, favorecendo a formação e o desenvolvimento equilibrado da criança, tendo em vista a sua plena inserção na sociedade como ser autónomo, livre e solidário.

Este espaço foi inaugurado a 01/10/1982.

Telef:
+351 279 341 244

Morada:
Rua das Eiras nº21
5200-235 – Mogadouro

O QUE FAZEMOS?

O estabelecimento de educação Pré-Escolar adota um horário adequado para o desenvolvimento das atividades pedagógicas, no qual se preveem períodos específicos para atividades educativas, de animação e de apoio às famílias, tendo em conta as necessidades destas.

 

Temos disponíveis:  (sem acréscimo de mensalidade)

  • Educação Musical;
  • Educação Física;
  • Inglês;
  • Informática;
  • Frequência das Piscinas Exteriores (Julho)

Dispomos ainda de:

  • Almoço;
  • Lanche;
  • Hora de descanso (crianças de 3 e 4 Anos);
  • Parque Exterior Equipado.

O estabelecimento de educação Pré-Escolar, presta serviços doze meses por ano, com período de encerramento em feriados Nacionais e Municipais. 

Funciona de Segunda a Sexta-Feira das 07:45h às 20:00h, com horário de atendimento diário das 16:30h às 17:30h.

Todas as crianças têm direito a um mês de férias por ano.

  • A capacidade da Resposta Social é de 60 (acordos) ou 75 (lotação);
  • O período de candidatura e renovação de matricula decorre entre o dia 15 de Abril e 30 de Junho;
  • O processo de candidatura e de renovação de matrícula é formalizado com o preenchimento de uma ficha de inscrição ou de renovação e com a apresentação dos documentos listados no Regulamento Interno do Pré-Escolar;
  • O seguro escolar abrange todas as crianças matriculadas e a frequentar o estabelecimento de educação Pré-Escolar;
  • O pagamento da comparticipação mensal, terá de ser realizado até ao dia 10 de cada mês.

As Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar baseiam-se nos objetivos globais pedagógicos estabelecidos na Lei-Quadro (Lei n.º 5/97, de 10 de fevereiro) e destinam-se a apoiar a construção e gestão do currículo no Jardim de Infância, da responsabilidade de cada educador/a, em colaboração com a equipa educativa do estabelecimento educativo.

A organização das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar comtempla Áreas de Conteúdo, sendo consideradas como âmbitos de saber, com uma estrutura própria e com pertinência sociocultural, que inclui diferentes tipos de aprendizagem.

area conteudo

Temos uma equipa multidisciplinar para podermos proporcionar às crianças qualidade de ensino num ambiente motivador e seguro, propicio a obter os melhores resultados.

Diretora Técnica

Sílvia Ribeiro

O meu nome é Sílvia Ribeiro, sou Educadora de Infância e responsável pela Direção Pedagógica da Resposta do Pré-escolar.

+351 279 341 244
+351 962 781 326

Estamos disponíveis para realizar atendimento online
via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Informações de Pré-Candidatura

Pré-Candidatura

Se é na Creche João Lopes da Silva da SCMM que deseja institucionalizar o seu familiar, saiba como deve proceder para iniciar o processo de candidatura.

Este inicia-se com uma pré-inscrição, que se destina ao estudo da situação sociofamiliar do candidato, bem como para informar e esclarecer sobre o regulamento interno, normas, princípios e valores da Misericórdia.

O familiar do candidato, deve contactar a diretora técnica do Pre-escolar preferencialmente via telefone, email, Balcão Digital ou outros formulários disponíveis neste website e proceder à entrega dos documentos solicitados.

O processo de candidatura só estará concluído quando reunidos todos os documentos, tal como descritos no regulamento interno, que deve ser consultado no passo 1.

 

Documentação e passos. Pré-Candidatura

Passo 1 

Consulte os documentos abaixo indicados para para realizar uma
pré-candidatura para o seu familiar no Pré-Escolar.

Passo 2 

Depois de reunir todos os documentos envie-os para o seguinte email:

 

Passo 3 

A diretora técnica irá entrar em contacto consigo para validar os documentos enviados.
Obrigado!

NOTÍCIAS

Documentação Institucional

Pode consultar o documento original na secretaria da ERPI SJD

VOZ DO CLIENTE

joana-castro
Gosto da Escola porque têm cozinha para cozinhar e lavar, tudo a brincar...
Joana Castro
Jardim de Infância
pedro-pires
Gosto da minha escola porque faço muitos jogos difíceis...
Pedro Pires
Jardim de Infância
iris-pires
Quero estar na escola porque gosto de trabalhar e brincar na garagem
Íris Pires
Jardim de Infância

Como chegar até nós

Creche João Lopes da Silva

foto dentro capa creche jls
Creche
João
Lopes da Silva
Mantenha-se seguro utilize os meios online para contactar connosco

Quem Somos?

A Creche destina-se a crianças dos 3 meses aos 3 anos de idade. Está orientada para a formação das crianças, principalmente na sua articulação entre a família , e o seu mundo social e na construção de um ser confiante, ativo e saudável, através da transmissão de sentimentos de segurança e autonomia.

O ambiente foi especialmente criado para oferecer condições que estimulem o desenvolvimento integral e harmonioso da criança nos seus primeiros anos de vida, oferecer aos pais a tranquilidade de verem os filhos crescerem com segurança rodeados de atenção e muitos miminhos. Inauguração: 01/06/2010

Telef:
+351 279 343 026
+351 932 483 804

Morada
Avenida de Espanha nº1 – A
5200-203 Mogadouro

O que fazemos?

A grande tarefa que é a educação, levanta dúvidas e angústias, mas também alegrias e certezas. Consideramos esta tarefa como um jogo de cumplicidade entre pais e filhos, entre educadores e educandos.

Assim, aos pais queremos dar a tranquilidade de saberem que os filhos estão entregues em boas mãos, aos filhos pretendemos proporcionar a alegria de viver e aprender naturalmente, rodeados de atenção e carinho, através de brincadeiras e atividades próprias para cada uma das etapas desta aventura emocionante que é CRESCER!

A creche tem espaços como:

  • Berçário;
  • Sala dos 12 aos 24 meses;
  • Sala dos 2 aos 3 anos;
  • Parque exterior, entre outros.

No valor da mensalidade está incluído:

  • Almoço;
  • Lanche;

Creche Jõao Lopes da Silva:

  • Capacidade da Resposta Social: 34 Clientes/Utentes
  • Início da Resposta Social: 01/06/2010
  • Periodo de Admissão: Sempre que haja vagas

Tipologia: 
Respostas Sociais: Infância

Horário de Atendimento:

         De Segunda-Feira a Sexta-Feira: 16:00h às 17:00h

Horário de Funcionamento: 
07:45h às 20:00h – (Todas as crianças tem direito a 1 mês de férias por ano.)

Estamos abertos 12 meses no ano.

As nossas instalações:

As nossas instalações foram pensadas e construídas com um único objectivo: dar o melhor aos vossos filhos.

Diretora Técnica

Ana Cordeiro

O meu nome é Ana Cordeiro, sou educadora de infância na Creche João Lopes da Silva.
Sou também responsável por esta Resposta Social e pela Creche Familiar.

+351 279 343 026
+351 932 483 804

Estamos disponíveis para realizar atendimento online e esclarecer as suas dúvidas
como valores e documentos necessários para a inscrição.
Contacto online via skype ou zoom mediante prévia marcação através do Balcão Digital.

Informações Pré-Candidatura

Pré-Candidatura

Se é na Creche João Lopes da Silva da SCMM que deseja institucionalizar o seu familiar, saiba como deve proceder para iniciar o processo de candidatura.

Este inicia-se com uma pré-inscrição, que se destina ao estudo da situação sociofamiliar do candidato, bem como para informar e esclarecer sobre o regulamento interno, normas, princípios e valores da Misericórdia.

O familiar do candidato, deve contactar a diretora técnica da Creche João Lopes da Silva preferencialmente via telefone, email, Balcão Digital ou outros formulários disponíveis neste website e proceder à entrega dos documentos solicitados.

O processo de candidatura só estará concluído quando reunidos todos os documentos, tal como descritos no regulamento interno, que deve ser consultado no passo 1.

Documentação e passos. Pré-Candidatura

Passo 1 

Consulte os documentos abaixo indicados para para realizar uma
pré-candidatura para o seu familiar na Creche João Lopes da Silva.

Passo 2 

Depois de reunir todos os documentos envie-os para o seguinte email:

 

Passo 3 

A diretora técnica irá entrar em contacto consigo para validar os documentos enviados.
Obrigado!

NOTÍCIAS